LOS ANGELES, 12 Mar. 15 / 12:38 pm (ACI).- O Arcebispo de Los Angeles (Estados Unidos), Dom José Gómez, assegurou que a paróquia “realmente” é a fonte da nova evangelização, por isso deve trabalhar pela missão de “proclamar o Evangelho e fazer discípulos de todos os povos”.

 

Em um texto publicado em seu blog no começo deste mês, chamado “A paróquia é o coração da nova evangelização”, Dom José Gómez assinalou que quando visita as paróquias “ao longo desta grande arquidiocese, vejo todos os dias que a vida de fé se vive no coração da paróquia”.

“Vamos às nossas paróquias para receber a Eucaristia e os sacramentos. Vamos às nossas paróquias para escutar a Palavra de Deus e para nos reunir com o fim de prestar nossos serviços aos pobres e a outros membros da nossa comunidade”, indicou.

O Arcebispo de Los Angeles destacou que “a paróquia é realmente o lugar e a fonte da nova evangelização, porque aí se vive todos os dias o mistério e a missão da Igreja”.

“A paróquia não é uma ‘instituição’”, destacou, mas “é mais como uma família. Uma família que está centrada na Eucaristia e na Palavra de Jesus e unida no amor mútuo e na preocupação pelo mundo”.

“Grande parte do trabalho diário de cada paróquia é o fortalecimento de cada um dos membros da família paroquial: acalmar a sua fome, curar as suas feridas e proclamar a realidade de Deus”.

Dom Gómez encorajou todas as paróquias, inclusive a menor e mais pobre a “entender que faz parte da missão universal que Jesus Cristo deu a sua Igreja católica: a de proclamar o Evangelho e fazer discípulos de todos os povos”.

Recordando a mensagem do Papa Francisco em sua exortação apostólica Evangelii Gaudium, o Arcebispo norte-americano assinalou que “o desafio do nosso tempo é comunicar este novo espírito de expansão missionária a tudo o que fazemos, a todas as instituições e ministérios na Igreja. Esse espírito missionário começa ‘na fonte’, na paróquia”.

“Em nossas paróquias, temos que examinar todas as áreas e perguntar-nos: Estamos convidando as pessoas a terem uma relação mais profunda com Cristo? Estamos convidando-as a um compromisso mais profundo com Seu Evangelho e Sua missão?”.

Depois de ressaltar que “a missão da Igreja inclui atrair as pessoas aos Sacramentos, especialmente à Eucaristia e ao Sacramento da Reconciliação”, Dom Gómez assinalou que “a nova evangelização não é apenas ‘espiritual’. É também temporal, corporal e social”.

“Devemos colocar-nos a serviço do nosso povo, mas não podemos ficar somente nisso. Temos que sair ao mundo, com toda a carga que este tem de dor e injustiça, de tristeza e sofrimento. E temos que ser curadores e reconciliadores, pacifistas e defensores dos fracos e inocentes”.

O Arcebispo de Los Angeles pediu orações “por um sentido de renovação missionária em todas as nossas paróquias. Que possamos fazer de cada uma das paróquias da Arquidiocese de Los Angeles, ‘uma ilha de misericórdia’”.

“E que Nossa Senhora de Los Angeles esteja conosco, conforme peregrinamos juntos nesta bela missão da nova evangelização”, concluiu.