2015-10-01 Rádio Vaticana – Nova Déhli (RV) –  A polícia indiana prendeu o assassino da Irmã Amala Valummel, a religiosa indiana de 69 anos encontrada morta no Convento  de Palai (Kerala) em 17 de setembro passado.

 

Após investigações, Satheesh Babu confessou ter assassinado a religiosa com uma espada, com o objetivo de roubar. Durante o interrogatório – referem alguns jornais indianos – ele revelou ter assassinado também outra religiosa em um convento do mesmo Distrito. Trata-se de Irmã Jose Mariya que, em abril passado, morreu aparentemente de causas naturais no convento de Erattupetta. Também esta morte está ligada à tentativa de furto.

O suspeito, que se escondia em Uttarakhand, havia roubado do instituto uma soma de 70 mil rúpias. (JE)

 (from Vatican Radio)