FATIMA, 31 Ago. 16 / 07:00 am (ACI).- O Papa Francisco enviou uma carta para o 24º Congresso Mariológico Mariana Internacional, que acontecerá de 6 a 11 de setembro em Fátima, Portugal, na qual assinala que este será “um evento de singular importância, tempo de oração, meditação e reflexão”.

 

Este encontro será presidido pelo enviado especial do Papa Francisco, o Cardeal português Dom José Saraiva Martins, Prefeito Emérito da Congregação para a Causa dos Santos, a quem o Pontífice destinou a sua carta.

No texto, o Pontífice assinala que “Maria vive com Jesus completamente transfigurada e todas as criaturas cantam a sua beleza. É a mulher ‘vestida de sol, com a lua debaixo dos pés e com uma coroa de doze estrelas na cabeça’ (Ap 12,1)”.

“Aprouve-nos escrever esta afirmação na carta encíclica Laudato Si (n. 241), em que pedimos à Mãe do Redentor que nos ajude a contemplar este mundo com um olhar mais sapiente”, acrescentou.

Ao desejar “promover oculto mariano na Igreja”, escreve, volta o olhar para o Congresso Mariológico, evento promovido pela Pontifícia Academia Mariana em colaboração com o Santuário de Fátima e com as sociedades mariológicas de diversos países.

Com o tema “O acontecimento de Fátima, cem anos depois: história, mensagem e atualidade””, o congresso celebrará o centenário das aparições da Virgem Maria aos pastorinhos nas colinas da Cova da Iria.

“Esperamos que estas doutas investigações, através do congresso dos estudiosos da Bem-aventurada Virgem Maria, tragam nova inspiração e novo progresso espiritual nas circunstâncias do nosso tempo: na verdade, ‘Maria não só conserva no seu coração toda a vida de Jesus, que ‘guardava’ cuidadosamente (cf Lc 2, 19.51), mas agora compreende também o sentido de todas as coisas”’ (Laudato Si n. 241)”, afirma o Santo Padre.

Dirigindo-se ao seu enviado especial, Dom José Saraiva, Francisco declara: “Através desta carta nomeamos-te nosso enviado extraordinário com a missão de, nos dias do congresso em Fátima, presidires em nosso nome e de comunicares os nossos sentimentos espirituais aos pastores e fiéis aí reunidos”.

“Falarás da Mãe de Jesus que ‘avançou pelo caminho da fé e conservou fielmente a união com o seu Filho até à cruz, junto da qual por desígnio de Deus se manteve de pé (cf Jo 19, 25), sofreu profundamente com o seu Filho unigénito e associou-se de coração materno ao seu sacrifício’ (Lumen Gentium n. 58) e exortarás todos a renovarem a vida espiritual considerando atentamente as circunstâncias e as necessidades espirituais deste tempo”, acrescenta.

O Papa saúda ainda o Bispo de Leiria-Fátima, Dom António Marto, os Prelados e fiéis que participarão do Congresso, bem como as autoridades civis.

“Confiamos todos à nossa oração e convidamos todos a que se empenhem em guardar mais diligentemente o preceito da caridade na vida de cada dia, seguindo fielmente o claro exemplo da Mãe da Igreja”, conclui.