A edição portuguesa do livro ‘DOCAT – Como agir?’, que apresenta aos jovens a Doutrina Social da Igreja (DSI) em várias perguntas e respostas, está desde hoje nas livrarias informa a Paulus Editora, que conta com a parceria do DNPJ na sua apresentação e divulgação.

 

“É um aprofundamento das questões sociais para que os jovens tenham conhecimento da Doutrina Social da Igreja mas também seja compromisso de ação”, assinala o diretor do Departamento Nacional da Pastoral Juvenil.

Para o padre Eduardo Novo é “um desafio” a ser-se “rosto, mãos, pés e olhar de Deus” na humanidade: “Faz-se na relação com o próximo: “De quem é que me faço próximo, o próximo se torna próximo de mim mesmo.”

“Este conhecimento mais intrínseco e profundo nesta vivência da interioridade, na capacidade da escuta de Deus, deste conhecimento que me leva à ação”, acrescentou o sacerdote.

Num comunicado a Paulus Editora, distribuidora oficial para a língua portuguesa do ‘DOCAT’’, informa que o livro da Doutrina Social da Igreja para jovens católicos, está disponível em todas as livrarias a partir de hoje.

O Papa Francisco escreveu o prefácio do ‘DOCAT’ que resume a Doutrina Social da Igreja em várias perguntas e respostas e foi lançado no início da Jornada Mundial da Juventude de Cracóvia.

“Com a força do Evangelho, podemos mudar realmente o mundo. Eu espero que um milhão de jovens, mais ainda, que uma geração inteira seja, para os seus contemporâneos, uma doutrina social em movimento”, escreveu o pontífice argentino.

“O mundo só mudará quando homens com Jesus se entregarem por ele, com Ele forem para as periferias e para o meio da miséria”, refere também Francisco no prefácio onde destaca que “um cristão que não seja revolucionário neste tempo, não é cristão”.

A Paulus Editora assinala que quer ser uma ajuda na concretização do “sonho” do Papa Francisco e com o Departamento Nacional da Pastoral Juvenil está a preparar a apresentação do DOCAT e uma programação que “vá ao encontro das necessidades e interesses dos jovens portugueses”.

“A criatividade pastoral fará surgir belas iniciativas em todas as dioceses, paróquias e movimentos. Todos, certamente, desejamos que os jovens e a Igreja em Portugal estejam à altura para «revolucionar o mundo»”, observa o diretor editorial da PAULUS.

O padre José Carlos Nunes sublinha que “toda a Igreja portuguesa é convidada a participar” no desafio lançado pelo Papa e adianta que o início do novo ano pastoral é a altura propícia para a apresentação do novo livro da coleção YOUCAT.

Por sua vez, o diretor do DNPJ sublinha que na “bela colaboração” com a editora católica o objetivo é “ajudar” cada jovem “a adquirir mas também a estudar, interpretar e refletir” sobre a DSI.

“É uma oportunidade a caminharmos como Igreja naquilo que é a formação permanente, na capacidade de nos deixarmos interpelar, tocar e interrogar para toda a nossa ação seja sempre uma resposta concreta: Como agir?”, acrescenta o padre Eduardo Novo.

 

O ‘DOCAT’ é uma tradução popular da Doutrina Social da Igreja Católica, tal como foi desenvolvida em importantes documentos desde o Papa Leão XIII, assinala a editora católica.

Com 12 capítulos e um total de 328 perguntas e respostas os temas que se referem ao amor humano, a família, o trabalho, a dignidade da pessoa, a economia, a política ou ambiente vão interpelar o leitor “a interagir na sociedade usando os princípios da Doutrina Social da Igreja”.

A nova publicação está disponível em mais de 30 línguas e foi feita uma APP (aplicação) – www.docat-app.com – que transmite a DSI de “uma forma divertida”.

 

A publicação é um projeto de jovens para os jovens mas foi revista e aprovada pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização e pela Congregação para a Doutrina da Fé, tendo sido apresentada ao Papa Francisco pelo seu presidente, o cardeal Gehrard Müller.

O ‘DOCAT’ faz parte da coleção ‘YOUCAT’, uma série de títulos que procura traduzir para o mundo juvenil os conceitos fundamentais da fé católica, e a partir de hoje está disponível em todas as livrarias e em www.paulus.pt.