SAN JOSÉ, 24 Mai. 16 / 04:00 pm (ACI).- O Bispo de Santo Isidro, Dom Gabriel Enrique Montero, comoveu milhares de costa-riquenhos com o gesto de ajudar por quatro horas no deslocamento dos banheiros portáteis dos migrantes africanos a um local com melhores condições sanitárias.

 

Dom Montero foi o intermediador entre o governo da Costa Rica e centenas de migrantes africanos que em meados de abril entraram a força no país, quando estavam a caminho dos Estados Unidos.

Segundo a Diocese informou em sua página, graças ao trabalho deste Bispo, o governo se comprometeu a emitir os documentos necessários a fim de que os migrantes pudessem continuar seu caminho.

Os 400 migrantes, incluindo mulheres grávidas e crianças, moravam em toldos e casas de papelão. Por esse motivo, muitos contraíram doenças respiratórias e gastrointestinais.

O Bispo de Santo Isidro visitou cada toldo a fim de convencer os migrantes a se mudar para os albergues para refugiados e prometeu-lhes providenciar os acordos.