Damasco – Segundo o presidente sírio Bashar Assad, o líder russo Vladimir Putin “é o único defensor da civilização cristã do qual se pode confiar”. Foi o que disse o Presidente Assad em relação ao presidente russo durante uma entrevista do líder sírio ao jornal francês Valeurs Actuelles. “Quando olho para o estado atual das coisas no mundo”, disse Assad, respondendo aos jornalistas franceses, “vejo que Vladimir Putin é o único defensor da civilização cristã que se pode contar”.

 

Na mesma entrevista, dada depois dos atentados em Paris, Assad reitera que deixará o poder somente se o povo e o parlamento sírio pedirem, acrescentando que a questão de sua possível retirada não é objeto de tratativas a nível internacional. “Se o governo francês não é sério em sua luta contra o terrorismo”, acrescentou o presidente sírio, “nós não perderemos o nosso tempo colaborando com um país, um governo ou uma instituição que apoia terroristas”. Segundo Assad, o critério a seguir é o de “fazer parte de uma aliança que une os países que querem combater o terrorismo e não alimentá-lo”.