WASHINGTON DC, 21 Mar. 16 / 04:30 pm (ACI/EWTN Noticias).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, elogiou a presidente da multinacional abortista Planned Parenthood Federation of America, Cecile Richards, a quem qualificou como uma “super-heroína da vida real”.

 

No dia 16 de março, Obama presidiu um evento na Casa Blanca por ocasião do Mês da História das Mulheres. Estava presente neste local Sana Amanat, criadora da história em quadrinhos da super-heroína muçulmana “MS. Marvel”.

“Para muitos meninos e meninas, Sana é uma super-heroína da vida real”, destacou Obama. Em seguida, assegurou: “Temos muitas delas nesta sala, assim quero reconhecer duas delas”.

“Antes de mais nada, temos a Cecile Richards na casa, assegurando que o cuidado da saúde das mulheres esteja em primeiro plano”, disse o presidente dos Estados Unidos.

Planned Parenthood Federation of America está sendo bastante criticada desde a metade de 2015, em que o Center for Medical Progress (CMP) começou a difundir uma série de vídeos, acusando a multinacional de traficar órgãos de bebês abortados em suas instalações.

A difusão dos vídeos causou o início de um processo judicial contra os investigadores do CMP, David Daleiden e Sandra Merrit. Ambos foram acusados de falsificação de documentos e de tentar comprar órgãos.

Daleiden e Merrit se defenderam assegurando que as técnicas que usaram durante sua investigação correspondem às mesmas utilizadas pelos jornalistas de investigação.

No começo deste ano, ambas as câmaras do Congresso dos Estados Unidos aprovaram um projeto de lei para cortar mais de 500 milhões de dólares em recursos públicos recebidos pela Planned Parenthood a cada ano. A proposta legislativa foi vetada por Obama.

Até a data, dez estados cortaram o financiamento público a Planned Parenthood.

Durante a campanha de reeleição de Barack Obama, em 2012, Planned Parenthood investiu pelo menos 1,7 milhões de dólares. Este ano, a multinacional do aborto ofereceu seu apoio a Hillary Clinton.

“Necessitamos da Hillary Clinton na Casa Branca”, publicou PPFA em janeiro deste ano, ao anunciar seu apoio a campanha eleitoral da ex-secretária de Estado de Obama.