Roma, 08 Jun. 15 / 03:02 pm (ACI).- O Papa Francisco abençoou e apoiou a caminhada juvenil, divulgando uma mensagem aos peregrinos intitulada: “Canta e caminha!”. Durante a noite da última sexta-feira para sábado, cem mil jovens percorreram 27 quilômetros entre as cidades italianas de Macerata e Loreto, onde se localiza o Santuário da Virgem de Loreto. Esta foi a 37ª. edição da tradicional peregrinação de jovens ao Santuário Mariano.

 

O Santo Padre animou os jovens participantes enviando uma mensagem desde Sarajevo, no sábado de tarde, explicou o significado de ‘caminhar’ e lançando aos jovens um pedido: “ ‘Não parem na vida’ porque desta maneira ‘se corrompem’ e ‘não servem’”.

“Se caírem, devem levantar porque a misericórdia de Deus existe e é possível recomeçar”, encorajou o Pontífice.

Em seguida disse: “A peregrinação, portanto, é uma metáfora da vida, que quando fica parada, não serve para nada”.

Por exemplo: “Pensem na água. Assim como quando não está no rio, ela para e se corrompe. Da mesma maneira acontece com a alma que na vida não caminha fazendo o bem e buscando a Deus, é uma alma que acaba na mediocridade e na miséria espiritual. Por favor – encorajou o Papa Francisco – ‘não parem na vida’! ”

O Santo Padre assinalou:  “Todos tivemos na vida quedas, erros, mas se te equivocaste, levanta-te rapidamente e contínua caminhando”.

Recordando à Santo Agostinho, o Pontífice indicou: “Caminhar com alegria é também caminhar quando o coração está triste. E se precisar parar para descansar um pouco, recupera o fôlego e continua depois. Canta e caminha; sempre, canta e caminha! ”.

“É verdade que existe o perigo de equivocar-se de caminho, pois quem caminha pode equivocar-se de caminho, mas quando alguém erra pode voltar. E volta porque existe a misericórdia de Jesus”.

O lema da peregrinação dos jovens é “Acariciados pela misericórdia”, por isso o Papa explicou:  “A misericórdia de Jesus tudo perdoa, sempre espera e sempre ama muito”.

“Cada um de vocês conhece sua própria história. Todos conhecemos a nossa. Neste contexto o Pontífice recordou uma conhecida canção italiana que diz: ‘A arte de sair não é a arte de não cair, mas a de não permanecer no chão’. Por isso, ‘Canta e caminha’ e se estiveres cansado levanta-te: Existe a carícia da misericórdia de Jesus que perdoa tudo e essa é a alegria, a alegria do encontro com Jesus”.

O Santo Padre encomendou aos jovens outra tarefa durante sua caminhada noturna: “Pensem na sua vida. ‘O que devo fazer da minha vida? O que Jesus me diz que devo fazer da minha vida? O que o Senhor pensa para mim? Existe uma verdadeira alegria no meu coração para cantar enquanto eu caminho? ’ Se não houver alegria, procure-a! O Senhor lhe dará isso através da sua misericórdia”.

Para concluir disse: “Lembrarei de vocês em Sarajevo e desejo que o anjo da guarda de cada um de vocês lhes diga: Canta e caminha! ”

Por Alvaro de Juana