DENVER, 20 Mai. 16 / 05:00 pm (ACI).- O policial John Neal Cooke comoveu Los Angeles, nesses dias, com o gesto inesperado que teve com um bebê abandonado pela sua mãe depois de um acidente de carro.

 

Milhares de pessoas celebraram o gesto do policial, que carregou, consolou e alimentou o bebê de apenas dois anos que permaneceu ileso depois que sua mãe bateu com o veículo no qual viajavam.

A mulher bateu o carro em uma cisterna e fugiu do local deixando seu filho preso no automóvel. Os policiais encontraram a criança chorando no local do acidente.

Cooke, ex-aluno da Universidade Católica de Steubenville, trabalha há sete anos como policial. Em declarações à CBSLA.com, ele disse que a criança estava chorando muito e por isso o ajudou e tranquilizou.

Para o oficial, foi apenas um gesto “próprio da natureza humana”. Ele revelou que está acostumado a cuidar das crianças desde pequeno, porque cresceu em uma família católica numerosa.

Cooke lamentou o fato de que a mãe tenha abandonado o filho em uma situação perigosa, mas foi um alívio que ele e seus colegas puderam ajudá-lo. “Sentimo-nos tranquilos de poder estar ali para o bebê”, disse ele.

A mulher de 27 anos foi presa por dirigir após ingerir bebidas alcoólicas e provavelmente responderá por maltrato infantil.

A criança foi levada sob custódia do Departamento de Crianças e Serviços Familiares de Los Angeles. Cooke espera visitá-la em breve.