MADRI, 03 Ago. 16 / 08:00 pm (ACI).- Um religioso franciscano foi agredido no dia 1º. de agosto por um homem de origem marroquina, na cidade de Cartagena, em Murcia (Espanha).

 

O agressor atacou o missionário Frei Job de Jesus tentando arrancar a cruz de madeira que ele levava no peito, enquanto o insultava e o ameaçava de morte.

Segundo informa o jornal espanhol ‘La Razón’, Frei Job de Jesus conseguiu escapar dos golpes do agressor, mas este rasgou a sua camiseta e tentou arrancar a sua cruz novamente, algo que o religioso evitou em duas ocasiões.

Segundo declarações de Frei Job aos meios espanhóis, ele continuou sendo ameaçado com frases como “você é espanhol, é daqui e deve ter medo de mim, pois sou árabe”.

Depois da denúncia feita pelo Frei Job, foi aberta uma investigação para procurar o culpado dessas agressões, da qual até então apenas se sabe acerca do local de trabalho e de residência.

Frei Job, missionário durante 4 anos em República Dominicana, estava na cidade de Cartagena, em Murcia, visitando seus familiares.