Um dos movimentos laicais «mais antigos em Portugal» celebra 80 anos em 2017

 

Fátima, 12 dez 2016 (Ecclesia) – A Liga Intensificadora da Ação Missionária (LIAM), movimento laical ligado aos Missionários do Espírito Santo (Espiritanos), elegeu a nova direção do Conselho Nacional, no Centro Catequético, em Fátima.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, os Espiritanos informam que a nova presidente da LIAM é Marta Fonseca, do núcleo do Carregado, Diocese de Lisboa; a vice-presidente é Laura Borges, do núcleo de Mirandela, Diocese de Bragança-Miranda; como secretária foi escolhida Graça Moreira, do núcleo de Brandara, na Diocese de Viana.

Os sacerdotes Espiritanos Tiago Barbosa e Nuno Rodrigues são, respetivamente, o novo assistente nacional e o administrador do movimento laical e completam a direção.

Do Conselho Nacional fazem também parte todos os membros dos Conselhos Diocesanos e Regionais, os assistentes diocesanos, o administrador da Animação Missionária Espiritana e o animador Espiritano das Vocações a nível nacional.

A reunião de sábado contou com a presença de cerca de meia centena de liamistas e animadores missionários, representantes de todas as regiões do país, no Centro Catequético, em Fátima.

No encontro, a presidente cessante Silvina Martins, do núcleo de Braga fez uma breve avaliação da missão realizada no último triénio e os participantes refletiram sobre a vivência do Ano da Misericórdia.

O comunicado explica que a Liga Intensificadora da Ação Missionária é um movimento de leigos que procura dar visibilidade e vivência à dimensão missionária da Igreja em Portugal e, ao mesmo tempo, apoiar a missão que se faz além-fronteiras; foi fundada em Fátima, em 1937.

Agência Ecclesia