Em entrevista à Rádio Vaticano o Pe. Federico Lombardi esclarece as palavras do Papa Francisco às religiosas

 

13 MAIO 2016 – Sobre o tema das diaconisas o Pe. Federico Lombardi fez um breve comentário à Rádio Vaticano:

“Trata-se de uma belíssima conversação que o Papa teve com as Superioras das religiosas provenientes das várias partes do mundo. Uma conversação muito bonita e encorajadora sobre as mulheres e, em particular, sobre as mulheres consagradas no caminho da Igreja, também sobre o serviço delas em posições importantes nos dicastérios, quando não há implicação com a ordenação. Repercutiu muito o fato de o Papa, respondendo a uma pergunta, ter falado de uma Comissão para estudar a questão do diaconato das mulheres. É uma questão da qual também no passado se falou muito e que nasce do fato de que na Igreja antiga havia mulheres ‘diaconisas’, que realizavam certos serviços na comunidade. Também foram feitos vários estudos históricos sobre esse fato, e o Papa fez algum aceno sobre isso. Ademais, há um documento importante de 2002 da Comissão Teológica Internacional que falou disso. O Papa disse que está pensando constituir uma Comissão que retome essas questões para vê-las com maior clareza. Mas é preciso ser honestos: o Papa não disse ter intenção de introduzir uma ordenação diaconal das mulheres, e muito menos falou em ordenação sacerdotal das mulheres. Aliás, falando sobre a pregação durante a celebração eucarística fez entender que não pensa absolutamente nisso. Em todo caso, é errôneo reduzir todas as muitas coisas importantes que o Papa disse às religiosas a essa única questão.”