Estabelecido um intergrupo parlamentar que persegue o objetivo de promover políticas que favoreçam a família e o “envelhecimento ativo”

 

ROMA, 10 de Abril de 2015 (Zenit.org) – “Intergrupo sobre o Envelhecimento ativo, solidariedade entre as gerações e políticas a favor da família”. Este é o nome com o qual foi registrado, na semana passada, um intergrupo no Europarlamento que se propõe promover políticas que coloquem a instituição da família no centro.

A notícia foi dada pelo Portale della Famiglia, que relata além disso que será dividido em dois sub-grupos, dedicados ao envelhecimento ativo e às políticas mais estreitamente relacionadas com a família.

Foram escolhidos dois eurodeputados com a tarefa de coordenar os dois sub-grupos. O holandês Lambert van Nistelrooj vai cuidar do primeiro. O segundo foi confiado à Sra Anna Zaborska, da Eslováquia, país que nos últimos meses tem sido palco de um debate acalorado, culminando em um referendo que, contudo, não atingiu o quorum, sobre o tema da família e da instituição do casamento.

O Intergrupo vai durar até 2019, o ano das próximas eleições europeias. A instituição desse intergrupo é uma maneira de lembrar o 20º aniversário do Ano Internacional da Família, proclamado pelas Nações Unidas em 1994, e tem como objetivo trazer as realidades familiares aos parlamentares através de reuniões públicas, questões parlamentares e uma participação ativa na elaboração de resoluções do Parlamento Europeu.

Não é a primeira vez que em Estrasburgo, é fundado um intergrupo dedicado à família. O primeiro nasceu em 1999 como a única estrutura entre as instituições europeias focada em torno das necessidades das famílias.