DENVER, 14 Jul. 16 / 08:00 pm (ACI).- A Diocese católica da Wichita, no Kansas, Estados Unidos, está unida em oração pelo seminarista Brian Bergkamp, de 24 anos, que ainda se encontra desaparecido após resgatar uma mulher no último dia 9 de julho no rio Arkansas.

 

Bergkamp tinha concluído seu segundo ano no seminário e planejava ser ordenado sacerdote em 2018.

No sábado, estava andando de caiaque com quatro amigos no rio Arkansas e uma das mulheres que ia com eles caiu. Brian se lançou na água e conseguiu resgatá-la, mas ele foi arrastado pela forte correnteza e até agora não foi encontrado.

Os trabalhos de busca continuam e estão rezando por ele todas as noites na Igreja St. Anne, em Wichita.

O Escritório de Comunicações da Diocese da Wichita indicou ao Grupo ACI no último dia 14 de julho que as buscas prosseguem apesar das duras condições que fazem com que o trabalho seja complicado. Uma vez que o encontrem, divulgarão uma declaração, precisaram.     

Os que conhecem Brian o descrevem como um rapaz generoso e capaz de atos de entrega como o que o levou a arriscar sua vida para salvar a mulher.

“Ajudava os outros e se esquecia de si mesmo. Então, o que fez foi muito natural para ele”, comenta o vice-reitor da Universidade St. Mary, Pe. Kenneth Brighenti, a ‘KSN News’.

Brian “dizia que só queria ajudar as pessoas, salvá-las. Pensava em ser bombeiro, paramédico ou policial, mas decidiu finalmente pelo sacerdócio porque era realmente o que queria fazer”, disse por sua vez Jan Haberly, diretor da iniciativa Lord’s Diner (Refeitório do Senhor) para pessoas necessitadas, onde o seminarista servia neste verão.

Outro seminarista, Jimmy Schibi, comentou que Brian “deu sua vida para ser sacerdote, mas antes de fazê-lo, deu sua vida por outro. Ele é provavelmente um dos indivíduos mais generosos que já conheci”.