29 Mar. 16 / 09:54 pm (ACI).- Um lojista de 40 anos, muçulmano e de origem paquistanesa, foi assassinado esfaqueado por dois desconhecidos em Glasgow (Escócia). Isto aconteceu horas depois de ter colocado em sua conta pessoal de Facebook uma mensagem que dizia: “Desejo uma feliz Páscoa a minha amada nação cristã”.

 

A polícia local prendeu um homem de 32 anos e também de origem muçulmana. As investigações policiais cogitam a hipótese de que o assassinato de Asad Shah foi um “crime por preconceitos religiosos”.  O lojista morava há muitos anos na cidade escocesa, embora fosse nativo da cidade paquistanesa de Rabwah.

Segundo informações do jornal ‘El Mundo’, seus vizinhos estão comovidos pela morte deste muçulmano. Por isso, na sexta-feira realizaram uma vigília em sua mercearia localizada no bairro de Shawlands, onde os cidadãos doaram mais de 7.000 euros para a família de Asad.

O jovem lojista se considerava um “muçulmano devoto” e em seu Facebook publicava imagens dele mesmo rezando, com mensagens de liberdade religiosa. Um exemplo desta tolerância foi a mensagem que emitiu na Sexta-feira Santa: “Sigamos os passos do amado Jesus Cristo e tenhamos um êxito real nos dois mundos”.

Publicado originalmente por Actuall.