Comité organizador justifica escolha da data com as condições climáticas

 

Lisboa, 20 jan 2017 (Ecclesia) – As próximas Jornadas Mundiais da Juventude vão decorrer no Panamá entre 22 e 27 de janeiro, anunciou hoje o presidente da Conferência Episcopal daquele país, D. José Domingo Ulloa Mendieta.

De acordo com a Rádio Vaticano, a escolha da data teve em conta as condições climáticas  pois se decorresse em agosto seria em pleno inverno naquele país.

D. José Ulloa Mendieta salientou que “o Panamá aguarda de coração aberto a vinda dos jovens” e agradeceu a confiança que o “Papa Francisco” mostrou ao “escolher o Panamá como sede da Jornada Mundial da Juventude em 2019”.

“Mostraremos ao mundo o rosto jovem de uma Igreja em saída, disposta a fazer barulho para anunciar a alegria do Evangelho aos afastados, aos excluídos, aos que se encontram nas periferias existenciais e geográficas”, sustentou.

A JMJ 2019 vai ter como tema “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra”.

O presidente da Conferência Episcopal do Panamá incentivou os mais novos a “rezarem e trabalharem juntos” para que esta iniciativa se afirme como um “tempo de renovação para a Igreja e para o mundo”.

Segundo o coordenador geral do comité organizador local da JMJ, padre Rómulo Aguilar, está em marcha neste momento a criação do hino e do logotipo das jornadas, através de concurso.

A recolha de trabalhos vai ser feita até ao dia 17 de fevereiro, com a Igreja Católica no Panamá a querer aproveitar “o talento” da juventude local.

Agência Ecclesia