BOGOTÁ, 09 Mai. 16 / 04:00 pm (ACI).- O pescador colombiano Javier Eduardo Olaya Góngora, de 29 anos, conseguiu sobreviver durante 85 dias no Oceano Pacífico e recentemente foi resgatado perto de Honolulu, no estado do Havaí (Estados Unidos), pelo navio de carga Nikkei Verde, de bandeira panamenha. No momento em que foi resgatado, o jovem assegurou que se salvou graças a Deus e à Virgem do Carmo.

 

“Agradeço a Deus… à Virgenzinha do Carmo e à alma da minha mãe”, expressou à imprensa Olaya Góngora, acompanhado de um guarda costeiro norte-americano.

Tudo começou no dia 2 de fevereiro, quando Olaya Góngora e outros três pescadores, entre eles o capitão da frágil embarcação, partiram da costa equatoriana.

O que prometia ser uma jornada de boa pesca foi afetada por uma forte tormenta que causou danos no motor e no sistema de comunicações.

Racionar seus alimentos confiando em um pronto resgate não adiantou e seus três companheiros começaram a perder a consciência. “O capitão se lançou ao mar desesperado e se afogou, outro morreu pela pressão muito alta e de fome e de sede”, relatou o jovem, conforme informações da BBC.

Javier Eduardo, único sobrevivente, se alimentava das “aves ou pequenos peixes que conseguia pescar utilizando lulas”.

O jovem foi resgatado 85 dias depois e no último dia 4 de maio foi entregue às autoridades norte-americanas e colombianas em Honolulu, de onde se tramita o seu retorno para Colômbia.

“Graças a Deus estou vivo e agradeço aos senhores do navio que me resgataram”, expressou.