Cachoeira Paulista, 26 Ago. 16 / 06:00 am (ACI).- Com objetivo de promover a defesa da vida, a Comunidade Canção Nova realizará o 1º Simpósio Nacional Juntos pela Vida, nos dias 22 e 23 de outubro, em sua sede, em Cachoeira Paulista (SP).

 

Conforme explica a Comunidade, “este encontro reforça a urgência de nossa união em defesa e promoção da vida humana, hoje tão ameaçada”. O evento como como proposta despertar “a necessidade de unidade, formação e organização para que juntos possamos ser a voz daquela vida inocente e indefesa que hoje está sob ameaça real”.

Entre as presenças confirmadas, estão os padres Paulo Ricardo de Azevedo Júnior, da Arquidiocese de Cuiabá (MT) e mestre em direito canônico, e José Eduardo de Oliveira e Silva, da Diocese de Osasco (SP), doutor em teologia. Estes sacerdotes são tidos como referência no país quanto à defesa da vida.

Será um fim de semana de oração e formação sobre muitos aspectos que envolvem a defesa da vida, inclusive sobre o drama de mulheres que pensam que o aborto seja algum tipo de solução.

Para o consagrado da Comunidade Canção Nova, Tiago Camargo (Tiba), que luta em defesa da vida, este evento “é um marco”. “A gente vai falar nesse simpósio algo que não se escuta por aí: de onde vem essa ideologia, essa ideia de aborto de cultura de morte; onde estão os fundamentos disso, os interesses econômicos, políticos, partidários, ideológicos, sociológicos”, explicou durante o programa PHN, do missionário Dunga.

O evento acontecerá no auditório São Paulo, na Comunidade Canção Nova e as vagas são limitadas. As inscrições devem ser feitas pelo site: eventos.cancaonova.com/edicao/simposio-juntos-pela-vida.