slide1 slide2

Em Portugal, diocese de Funchal se prepara para celebrar 500 anos de fundação

Fernando Filoni, cardeal prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, foi enviado pelo Papa Francisco para comemorações

Por Lilian da Paz

 

BRASíLIA, 23 de Maio de 2014 (Zenit.org) - No dia 12 de junho, a diocese de Funchal (Ilha da Madeira, Portugal) completa 500 anos de fundação. Primeira diocese criada após o início da expansão marítima da Península Ibérica, pela bula Pro Excelenti Praeminentia de Papa Leão X, Funchal já foi a maior diocese do mundo. Hoje sustenta uma rica história de espiritualidade cristã e serviço aos mais necessitados, gerando uma cultura de solidariedade cidadã.

Para comemorar esta data, a Igreja local iniciou os festejos em 12 de junho de 2011, um domingo de Pentecostes. Dom Rino Passigato, Núncio Apóstolico de Portugal, deu início à celebração do triênio do jubileu presidindo a Santa Missa.

Com o lema Igreja em Missão o triênio preparatório aponta, desde então, para a construção de comunidades cristãs vivas e apostólicas. A partir disto, com a realização de assembleias diocesanas, foi traçado um projeto para renovação pastoral das comunidades e paróquias, de acordo com o panorama apreendido da realidade eclesial.

Dando prosseguimento às atividades do triênio, também foram realizadas a Festa das Famílias, em 2012, a Solenidade do Corpo de Deus, em 2013. Dedicado ao Espírito Santo, o ano de 2014 vai comemorar, entre os dias 8 e 15 de junho, a Semana Jubilar.

Em nota, dom António Carrilho, bispo de Funchal, diz que pretende renovar e fortalecer a fé e as ações sociais da diocese com as celebrações.  

Que estas comemorações dos 500 anos da diocese possam contribuir para avivar a memória dos nossos valores, criar novos projetos e novas formas de compromisso da Igreja com as pessoas e a sociedade do nosso tempo. Recordando o passado no presente, saibamos responder aos novos desafios com que nos deparamos no campo da fé e da cultura, da ação educativa e social.

Confiamos à Santíssima Trindade – Pai, Filho e Espírito Santo – o nosso desejo e grande empenho em edificar comunidades cristãs vivas e apostólicas, renovar as nossas festas e tradições, reavivar e intensificar o espírito missionário das instituições da Igreja, que se há de apresentar, cada vez mais, como verdadeira ‘Igreja em Missão’!

Programação

A programação da Semana Jubilar vai abranger o Dia do Catequista (10); celebração em memoria à primeira Santa Missa celebrada na Ilha da Madeira, em Machico (11); celebração eucarística em memória à criação da diocese, na Sé do Funchal (12); e Assembleia Diocesana Jubilar, no Estádio dos Barreiros (15).

Durante toda a programação ainda haverá exposição de arte sacra sobre a fé e missão do povo de Funchal. Encerrando as celebrações dos 500 anos, entre 17 e 20 de setembro, acontece o Congresso Internacional Diocese do Funchal, a Primeira Diocese Global – História, Cultura e Espiritualidades.

Dom António Carrilho convidou para as celebrações dom Manuel Clemente, patriarca de Lisboa e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, Dom Murilo Krieger, arcebispo de São Salvador da Bahia e primaz do Brasil, além dos bispos de Angra (Açores), Santiago e Mindelo (Cabo Verde), e São Tomé e Príncipe.

O bispo de Funchal também teve um pedido especial, feito ao Papa Francisco, atendido: o cardeal Fernando Filoni, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, vem diretamente de Roma, como enviado da Santa Sé para participar da Assembleia Arquidiocesana da Semana Jubilar.